Booking.com

Agriturismo - Nova tendência em Silva Jardim

Nossa coleção de experiências está aumentando, para você que nos acompanha, sabe que sempre buscamos novidades em eventos, tendências no turismo e lugares especiais. 
Agriturismo, conhece?

Chegando na entrada do município de Silva Jardim


Durante a semana dos alimentos orgânicos no Rio de Janeiro, de 25 de maio a 1 de junho, fizemos uma visita a Fazenda Dom Bosco em Silva Jardim a aproximadamente uma hora e meia do centro do Rio de Janeiro, uns 113 km com acesso pela Ponte Rio-Niterói .
Você sabia que existe uma semana dedicada a estudos, visitas e palestras sobre agricultura, produtos orgânicos e afins? Aqui você sempre aprende mais!
Quando ouvia falar em agriturismo, pensava logo na Toscana, Europa.
Visitei a Fazenda Dom Bosco, em Silva Jardim/RJ, a convite do ministério da agricultura e dos proprietários Anita Santoro  e Alicio Cortat.
Com quase 2 anos de atividade, a fazenda, está com um lindo projeto de visitação em grupo com direito a refeições preparadas com os alimentos orgânicos produzidos por eles, onde os visitantes poderão assistir o plantio, participar do ritual da colheita e ter a verdadeira experiência no campo.
No início era um pasto degradado com apena 6 árvores em toda sua extensão, hoje possui florestas jovens de mognos, cedros, guanandis, jequitibas, fauna e flora voltando, abelhas polinizando. Uma bela história.

Entrada da Fazenda Dom Bosco

Sobre Silva Jardim
O nome do município foi dado em homenagem ao jornalista Antônio Silva Jardim, possui cachoeiras, viveiros modernos, RPPN, atividades como rapel, lagoas e muito verde.


A estrada de chão é bem boa para carros em comparação a outras que já visitamos, dirija com cuidado animais podem cruzar a pista.
Aqui mostro como foi minha experiência em primeira mão, pois, as visitas só serão abertas ao público em julho desde ano.

Iniciamos a visita com o café da manhã com alimentos da fazenda!
Bolo de mandioca e batata doce


Local super agradável que o casal Anita e Alicio criaram para as refeições 


Batata doce quentinha...


Dia lindo! Que sorte, dias antes estava uma chuva...


Sra. Anita e Sr. Alício apresentando sua simpática equipe, mulheres fortes e talentosas.

Me encantou a valorização e motivação dos funcionários, que foram convidados a almoçar conosco!

Sem comentários... 

Lindas paisagens

Amei a ideia, piscina vertical! 

Começando a visita a fazenda, a arte de plantar abacaxi, com direito a dicas...

A fazenda Dom Bosco produz mandioca, milho, jiló, berinjela, pimentão, quiabo, tomate, melancia, abacaxi, maxixe, palmito pupunha, quando e outros, tudo orgânico!
Segundo Anita a demanda está crescendo e cada vez mais as pessoas querem saber sobre os orgânicos, como é feito, quais são os benefícios etc. 
A qualidade alimentar tem que ser valorizada, aprendi que não faz bem só para quem come, mas para quem planta, colhe, cuida. 

Linda melancia crescendo, um bebê! 

Fique por dentro
Os alimentos orgânicos são aqueles que utilizam, em todos seus processos de produção, técnicas que respeitam o meio ambiente e visam a qualidade do alimento. Não são usados agrotóxicos nem qualquer outro tipo de produto que possa vir a causar algum dano a saúde dos consumidores e agricultores.
Na agricultura, por exemplo, utiliza-se apenas sistemas naturais para combater pragas e fertilizar o solo. Embora apresentem praticamente as mesmas propriedades nutricionais dos alimentos inorgânicos, os orgânicos apresentam a vantagem de seres mais saudáveis, pois não possuem agrotóxicos. Também são mais saborosos!
Aprendi muito, muito mesmo com cada um que conversava, é para isto que servem as nossas viagens e experiências!

O segredo da coroa de palha! Só indo...

Floresta de Eucalipto 

Nosso grupo atravessando a floresta

Abóboras

Mogno indiano

Mais Abóboras...

Palmito Pupunha, ainda em fase de adaptação


Orgulho da proprietária, seus bebês...

Sr. Vairo, o alquimista, preparando as caldas e contando suas experiências

Durante a aula sobre caldas, aparece a Sra. Anita com uma degustação de quiabo cru com sal e pimenta do reino, a boca não para, hehe. 

O almoço da fazenda, nesta foto o peixe Tucunaré da lagoa com tomatinho cereja

Farofa de mandioca artesanal

Estrogonofe de palmito pupunha

Fila se formando, e quem resiste?


Escondidinho de linguiça

Maracujá

Chá da tarde, chá de folha de cravo

Doce de Jenipapo

Produtos da fazenda


Grupo especial, obrigada a todos pelo convite!

Informações:

- Endereço: Estrada Cabiúnas, s/nº - Mangangaba – Silva Jardim/RJ

- A melhor época para visitar a fazenda é entre julho a outubro.

- Um dia na fazenda com experiências e refeições incluídas custará aproximadamente R$150, favor entrar em contato para maiores informações.

- Mínimo de 20 pessoas.

- A proprietária pensa em fornecer transfer a partir do centro do Rio futuramente.

- A fazenda possui 100 ha, ou seja, 20 alqueires.

- Equipe:
No total são 20 funcionários fixos e 12 temporários na alta temporada, dos 20 fixos, 9 são mulheres! 
Sendo que 5 delas da unidade de processamento de alimentos e 4 da lavoura.
03 aposentados com mais de 70 anos e com muito orgulho dois jovens de 19 anos.
Para finalizar o consultor, Sr. Diniz de 80 anos.

- Sobre a proprietária: 
Anita Santoro, produtora rural de orgânicos da Fazenda Dom Bosco, em Silva Jardim (RJ). Formação em Design da sustentabilidade pelo GAIA Foundation. Formada em desenho industrial pela UFRJ, com especialização em branding/marketing pela ESPM. Gestão de negócios pela UNIRIO. Professora de design gráfico Parque Lage (4 anos). Professora de Culinária prática natural ovo-lacto-vegetariana por 16 anos.

Até a próxima!

Curta nossa página no facebook: www.facebook.com.br/luanaprazeirescollection







3 comentários:

LUCIA HELENA disse...

OTIMA viajem , Fazenda maravilhosa, tudo natural . sinto cheirinho do campo. continue assim, bjs

camillo disse...

Parabéns!!
Mais uma ótima opção de lazer aqui em nossa cidade.

Vanessa disse...

Adorei a matéria, deu água na boca e vontade de conhecer a fazenda.
Parabéns!